Diante da crise, Maceió terá festa de réveillon apenas na orla

1293659080fogos

O impasse para realização da queima de fogos e consequentemente a festa de réveillon na orla de Maceió parece estar resolvido. Governo, prefeitura e trade turístico resolveram este problema, mas os demais bairros da capital não terão as festas descentralizadas na virada do ano.

A confirmação foi feita pelo prefeito de Maceió, Rui Palmeira, durante a inauguração de mais uma via, no bairro de Cruz das Almas, na manhã desta quarta-feira (23).

“Há doze anos o governo do Estado bancava integralmente a queima de fogos na orla. Ontem eles anunciaram que só irão pagar 50%. Não poderíamos deixar que a capital do Estado não tivesse uma grande queima de fogos, então, a prefeitura vai entrar com os outros 50%. Por esse motivo, não será possível a realização de festas descentralizadas nos bairros. Neste réveillon, não vamos levar festas para os bairros devido as dificuldades financeiras que enfrentamos”, disse.

Nos últimos anos, além de festas com atrações musicais, a prefeitura organizou o réveillon em regiões como Benedito Bentes e Jacintinho, dois dos bairros de maior população na cidade.

O impasse referente à queima de fogos na orla vem sendo debatido nos últimos dias. Existia inclusive, a possibilidade de cancelamento do evento. Porém, representantes do trade turístico se encontraram com o governador Renan Filho, que garantiu apoiar a realização.

A festa de final de ano acabou sendo preterida em meio a uma sequencia de eventos. Isso porque, no início do mês de dezembro, a prefeitura organizou uma grande programação para comemoração dos 200 anos de Maceió.

Já em janeiro, a prefeitura, com apoio da iniciativa privada, irá realizar mais uma edição do “Festival Maceió Verão”, que teve sua programação divulgada nesta quarta-feira e que terá participações de Daniela Mercury, Jorge Bem Jor, Titãs e Ney Matogrosso.

Cada Minuto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *