Policial federal atira em dois homens e mata um em festa em barco no DF

Autor dos disparos disse ter agido em legítima defesa alegando ‘confusão’. Homem se apresentou à delegacia, entregou arma usada e foi liberado

pf1

Um policial federal de Brasília atirou contra dois homens durante uma festa em uma embarcação no Setor de Clubes Norte na noite deste sábado (8). Um deles morreu no hospital e outro passou por cirurgia no Hospital de Base, mas seguia até a publicação desta reportagem com uma bala alojada no peito. Na delegacia, o agente afirmou ter agido em legítima defesa.

A Polícia Federal não se manifestou sobre o caso. O policial não atendeu as ligações do G1. Em depoimento na 5ª DP (Asa Norte), ele disse que estava com a mulher na festa, quando surgiu “uma confusão generalizada entre dois ou três casais”. Ele declarou que não estava envolvido na briga.

Ao se sentir ameaçado, ele relatou que avisou estar armado e que deu mais de uma ordem para que os dois não se aproximassem. Então, disparou na região do abdômen de cada um. De acordo com a Polícia Militar, a situação ocorreu porque “uma das vítimas passou a mão na mulher do policial”.

Ele mesmo se apresentou à delegacia e entregou a arma utilizada. O policial federal foi liberado após se comprometer a comparecer à Justiça. O caso é investigado como homicídio e tentativa de homicídio. O agente da PF tem 44 anos. A vítima que morreu tem 47 anos e a outra, 36.

A mulher do homem que morreu disse que havia três aniversários no local. Ao sair do banheiro, ela relata ter sido agredida com três tapas no rosto por uma das aniversariantes. Quando o marido dela foi “tirar satisfação” com o agente, ele atirou. Ela não explicou por que teria sido agredida nem se quem deu os tapas era casada com o policial. Segundo ela, o marido era funcionário de carreira do Banco do Brasil.

Fim de semana violento
O caso na embarcação não foi a única ocorrência registrada relatando situação do tipo. Ao todo, foram oito homicídios e nove tentativas de homicídio entre sábado e este domingo (9), informou a Polícia Civil.

No sábado, um homem de 27 anos foi achado morto no Paranoá. No mesmo dia, três homens mataram um outro, de 20 anos, em Sobradinho II. No Gama, dois homens foram assassinados com arma de fogo. No Recanto das Emas e em Brazlândia, dois homens morreram esfaqueados. Na madrugada deste domingo, um homem foi achado morto em São Sebastião.

g1

09/10/16

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *